Pimpão

Carassius auratus

Alimentação – Detritívoros, invertebrados.

Família: Cyprinidae.

​Espécie exótica.

Distribuição Global: Distribui-se naturalmente nas bacias do Leste da Ásia, a partir do rio Amur (Sibéria) para o norte para o Rio das Pérolas (China) para o sul, incluindo a península da Coreia, Japão e Taiwan. Mundialmente difundido como peixes ornamentais. Na Península Ibérica está distribuído praticamente em todas as bacias hidrográficas.

Morfologia: Espécie de tamanho médio (inferior a 50 cm), com uma barbatana dorsal comprida com pelo menos o dobro do comprimento da anal. Cabeça grande relativamente ao tamanho do corpo, apresentando uma boca pequena, terminal e sem barbilhos.

Nativa: Não.

​Migração: Não.

zona de origem

Achiga.png

Longevidade: 10 anos.

Comprimento: Até 45 cm.

Época de reprodução: maio a junho. Reprodução ocorre em águas com densa vegetação submersa.

Habitat geral: O pimpão vive em águas pouco profundas de lagoas e rios de corrente lenta, com vegetação abundante e fundos vasosos ou arenosos.

Alimentação: Esta espécie é principalmente detritívora mas também alimenta-se de invertebrados aquáticos, nomeadamente larvas de dipteros (quironomídeos e simulídeos), copépodes, ostrácodes, e efemerópteros (caenídeos). Ocasionalmente come material vegetal, algas e fanerogâmicas.