PERCA-SOL

LEPOMIS GIBBOSUS

Alimentação – Insectívora

Família: Centrarchidae

Espécie exótica

Distribuição Global: Proveniente da América do Norte, está amplamente difundido pelo resto do continente americano, pela Europa e África. Foi introduzida em Portugal no século XX e encontra-se distribuída por todo o país.

Morfologia: Corpo alto com cor muito vistosa, com bandas azuladas que irradiam da cabeça até aos flancos, mancha negra e vermelha na parte posterior do opérculo e ventre amarelado. A barbatana dorsal tem uma ligeira depressão, constituída por uma primeira parte de raios ossificados e uma segunda com raios ramificados. O maxilar não alcança o bordo posterior do olho. 

Nativa: Não

Migração: Não 

Longevidade: 9 anos

 

Época de reprodução: Entre maio e agosto

N.º médio de ovos por fêmea: 3000

Habitat geral: A perca-sol ocorre nas zonas lênticas nomeadamente lagoas e troços de rios com escassa profundidade de corrente lenta e densa vegetação. Esta espécie suporta a falta de oxigénio e altas temperaturas.

Alimentação: Insectívora, mas também pode comer ovos de peixe e material vegetal

zona de origem