ENGUIA EUROPEIA 
ANGUILLA ANGUILLA

Alimentação – Omnívora.

Espécie autóctone.

Família: Anguillidae.

Distribuição Global: Atlântico Norte, Mares do Norte, Báltico e Mediterrânico. Na fase de “enguia-de-vidro” e “prateada” ocorre em todos os rios que desaguam nos mares referidos anteriormente.

Morfologia: Corpo serpentiforme, alargado e cilíndrico, mas comprimido lateralmente na parte posterior. Escamas pequenas e profundas na pele que se torna suave ao tato e escorregadia. Barbatana dorsal em continuidade com as barbatanas caudal e anal. As barbatanas peitorais são curtas. Boca terminal com mandíbula ligeiramente proeminente. Olhos de reduzida dimensão. 

Nativa: Sim.

Migração: Catádroma. 

Longevidade: Em média 7 anos os machos e 9 anos as fêmeas.

 

 
enguia.png
Sem título-1-24.png

Comprimento: Até 150 cm.

Época de reprodução: entre janeiro e maio, no Mar dos Sargaços.

Habitat geral: Vive sobretudo no fundo dos rios e barragens (bentónico), colonizando uma grande variedade de habitats. Prefere águas bem oxigenadas com fundos de areia lodosos e densa vegetação submersa. É mais ativa durante noite, escondendo-se em buracos durante o dia. 

Alimentação: Omnívora, desde matéria mineral, algas macrófitas, detritos, macroinvertebrados aquáticos (moluscos, larvas de dipteros, crustáceos) e peixes.

zona de origem

Fonte: EDIA - Empresa de Desenvolvimento e Infra- estruturas do Alqueva, S.A.