CABOZ DE ÁGUA DOCE

SALARIA FLUVIATILIS

Alimentação – Insectívora

Espécie Autóctone

Família: Blenniidae

Distribuição Global: Distribuição circum-mediterrânea. Em Portugal apenas existe na Bacia Hidrográfica do Guadiana. 

Morfologia: Peixe de pequeno tamanho (inferior a 20 cm) com corpo sem escamas ou muito pequenas. Por cima do olho tem um pequeno tentáculo filiforme. Boca terminal proeminente, sem barbilhos e com barbatana dorsal e anal muito compridas. Os machos com uma crista cefálica muito desenvolvida durante o período de reprodução.

Nativa: Sim

Migração: Não

Longevidade: 5 anos

Comprimento: Até 15 cm

 

Época de reprodução: Abril a Julho. Realiza a postura em pedras.

Habitat geral: É uma espécie que vive no fundo dos rios (bentónico), surgindo principalmente em rios de grandes dimensões. Habita em zonas profundas com velocidade da corrente elevada, com cascalho grosso e blocos. Também pode ocorrer em águas quietas e turvas desde que disponha de pedras onde possa realizar a postura. O caboz-de-água-doce encontra-se associado a locais com maiores velocidades de corrente e com pouca profundidade e maiores condutividades.

Alimentação: O caboz-de-água-doce é um predador bentónico de insetos aquáticos, capaz de capturar juvenis de peixes. Consome larvas de efemerópteros e de dipteros (quironomídeos), ocasionalmente ingere material vegetal.

zona de origem