BOGA DO GUADIANA 

PSEUDOCHONDROSTOMA WILLKOMMII

Alimentação – herbívoros, panctonófagos.

Espécie Autóctone.

Família: Cyprinidae.

Distribuição Global: Endémica da região sul da Peninsula Ibérica; Entre o rio Guadiana ao rio Guadalhorce.

 

Morfologia: Espécie de tamanho médio com corpo alongado apresentando uma boca rectilínea e inferior com lábio inferior grosso formando uma lâmina córnea. A barbatana dorsal é pequena. A barbatana anal tem 9 raios ramificados.

 

Nativa: Sim.

 

zona de origem

 
boga.png
Sem título-1-24.png
Sem título-1-25.png

Migrador anádromo: Não.

 

Migrador catádromo: Não.

 

Migrador potamódromo: Sim.

 

Longevidade: 7 anos.

 

Comprimento total (cm): 32 cm.

 

Época de reprodução: Guadalquivir: Fim de março a Fim de abril / Maio; Guadiana: fevereiro e março; janeiro a março.

 

Nº médio de ovos por fêmea: Guadalquivir: 5 736 (140mm CF); Guadiana: 35 000 ovos / Kg.

 

Habitat geral: A boga-do-Guadiana ocorre em rios de grandes dimensões, com elevado estrato arbóreo, com elevada insolação, principalmente em zonas lênticas. Realiza a postura em zonas com forte corrente, surgindo frequentemente em cardumes. A boga-do-Guadiana ocorre frequentemente em barragens.

Fonte: EDIA - Empresa de Desenvolvimento e Infra- estruturas do Alqueva, S.A.